Como um curso de Coaching pode aumentar a sua performance profissional

Um curso de Coaching é uma ferramenta valiosa para aperfeiçoar a performance profissional, por oferecer os subsídios para o Coachee alcançar seus objetivos com processos bem definidos e consolidados. Mas como funciona esse conceito de Performance Profissional? E como o Coach ajuda exatamente nisso?

Existem dois aspectos fundamentais quando se fala de Performance Profissional: habilidade e cuidado.

Quanto maior a habilidade e o cuidado com que as atividades são realizadas, melhores serão os resultados.

A habilidade depende do quanto uma pessoa treinou ou aprendeu a executar alguma tarefa. Isso envolve características pessoais, herança recebida, cursos que fez, tradição assimilada, etc.

Por exemplo, para ser um cozinheiro competente, um profissional pode ter aprendido em casa com a mãe e/ou pode ter desenvolvido esta capacitação através de um curso de gastronomia.

Para atingir um alto grau de eficiência na busca de resultados, o cozinheiro precisa conhecer as ferramentas necessárias e saber utilizá-las no seu ofício. Daí vem o nível de sua habilidade.

Já o cuidado está mais ligado às condições internas da pessoa, ao executar suas tarefas. O profissional pode estar trabalhando com foco, animado, motivado, com alegria e, assim, influenciando seus colegas com esse espírito positivo.

Mas pode também estar com raiva, preocupado com alguma coisa na família, desanimado, “fazendo por fazer”, sem dar atenção ao que isso representa para alcançar alguma meta ou discutindo com os colegas.

Quanto mais conhecimentos ou preparos técnicos alguém tenha, sem a disposição interior para o que está fazendo e para o fim desejado, certamente não terá uma performance profissional adequada. É necessário unir as duas pontas.

Curso de Coaching Liderança

É aqui que entra o curso de Coaching. A principal função de um curso de formação em Coaching é exatamente aumentar a performance dos profissionais, tanto em seus aspectos de habilidade e eficiência técnica, como em seus aspectos pessoais de motivação, comunicação e relacionamento humano.

Vejamos então, mais clara e explicitamente, o que se espera de um bom curso de formação em Coaching:

Habilidade Profissional

Principais características relativas à habilidade e eficiência profissional:

  • Como estabelecer claramente objetivos e metas do que precisa realizar;
  • Aprender a fazer um bom planejamento do que vai realizar;
  • Buscar conhecer bem os processos e as conexões das etapas necessárias ao bom desempenho das tarefas;
  • Aprender a administrar positivamente o tempo;
  • Conhecer e aplicar as habilidades de gestão que permitem dirigir o esforço de levar adiante um projeto;
  • Conhecer as normas e padrões relativos à gestão dos projetos e seus processos;
  • Obter uma visão sistêmica, para saber como aquilo que está realizando se encaixa no todo da corporação à qual eventualmente está servindo;
  • Buscar permanentemente o aperfeiçoamento técnico de sua profissão.

Cuidado Humano

Principais características relativas ao cuidado humano e aos aspectos pessoais e relacionais:

  • Promover uma visão dinâmica e sistêmica das tarefas, dos setores e do to-do da organização;
  • Promover um melhor relacionamento entre os colegas de trabalho;
  • Criar um ambiente de trabalho positivo, alegre e motivador;
  • Melhorar a comunicação e a integração entre os colaboradores e os setores da empresa;
  • Desenvolver habilidades como flexibilidade, criatividade e resiliência;
  • Promover um ambiente de diálogo entre os colaboradores e com as lideranças;
  • Promover a capacidade de liderança dentro das equipes;
  • Integrar a cultura organizacional e reduzir resistências;
  • Promover o sentido ético que antecede e fundamenta as normas e diretrizes da organização

Performance Profissional

Uma boa performance é alcançada quando o profissional sabe unir as duas pontas: desenvolver-se e atuar com bom desempenho técnico (isto é, com boa gestão) e estar sempre atento ao lado humano da gestão (o lado da liderança).

Mas veja bem, é preciso ter boa gestão até mesmo na vida pessoal. Você precisa se organizar, usar bem os recursos, ter controle nas contas, aprender técnicas e estar sempre atento a melhorar seu padrão de competências em tudo que faz, assim como conhecer as leis e normas que governam suas ações.

Você precisa estar atento a tudo o que envolve o seu dia a dia, buscando sempre o padrão ideal de comportamento e desempenho.

Com maior atenção ainda, você precisa estar atento a você mesmo e às pessoas com as quais convive e trabalha. Assim como você, seus colegas têm família, o que significa que têm pessoas com quem se preocupar, têm festas familiares, têm doenças, têm contas a pagar, têm conflitos.

Como você, seus colegas têm suas crenças, seus valores, suas apostas, suas manias, suas virtudes e seus defeitos.

Curso de Coaching performance

Se você é líder em sua atividade, você deverá ter tudo isso em mente, deverá respeitar as pessoas como elas são. Mesmo assim, deverá conseguir que todas assumam seus compromissos profissionais dentro do grupo, que tudo caminhe em direção aos objetivos que foram propostos.

Se possível, num ambiente alegre e agradável em geral, num clima de cooperação. Deverá fazer com que cada um entenda seu papel e que todos fazem parte da equipe. Mais do que isso, ele faz parte de um todo que é a empresa, que não tem sucesso a não ser com a participação de todos e de cada um.

Esse é o lado da liderança. Mas isso também é gestão. E isso é atuar com alta performance profissional.
Por incrível que pareça, administrar sem se preocupar com o lado humano resulta em ter que se preocupar além da conta justamente com o lado humano.

Alternativamente, não adianta querer liderar uma equipe sem assumir o lado profissional de gestão, sem estabelecer metas e objetivos a atingir e juntar forças para chegar aonde é proposto e é preciso. Não há como não dispor de mecanismos de controle.

Um líder pode ser tolerante, mas não pode ser bonzinho, sob pena de não atingir os resultados esperados e exigidos pelo conjunto do empreendimento, seja ele pequeno ou grande.

O Curso de Coaching

O principal objetivo do curso de Coaching é preparar pessoas capazes de aumentar a performance profissional de seus clientes, sejam eles particulares ou equipes de trabalho.

Um Coach pode ser um especialista em determinada área, mas ainda assim é um generalista. Isso porque ele é preparado para despertar e desenvolver novas potencialidades em seus clientes, que poderão ser – e geralmente são – especialistas nas mais diversas áreas de atividade profissional.

Para ser um Coach de alta performance profissional, ele terá que juntar algumas características próprias do Mentoring, que é como lidar com o lado humano dos colaboradores, instrumentando-os de forma a melhorar o ambiente de trabalho e criando condições mais humanas nos diferentes ambientes de convivência humana.

Seus clientes, chamados também de Coachees, poderão ser melhores na profissão, mas também aprenderão a viver melhor, com mais qualidade de vida, com maior assertividade na convivência com o cônjuge e com os filhos, promovendo à sua volta um mundo melhor, com maior produtividade e harmonia.

Um curso de Coaching pode sim aumentar a Performance Profissional, preparando Coaches de alto nível, capazes de alavancar profissionalmente seus Coachees e de gerar maior eficácia e harmonia no ambiente de trabalho, se estendendo também para o campo familiar e social.

Você já experimentou as técnicas de Coaching na sua vida ou apresentou-as para outras pessoas? Compartilhe seus resultados conosco!

2018-09-12T15:29:04+00:00

Deixar Um Comentário