Passo 1 – Tenha uma Atitude Empreendedora

Quando você se olha no espelho, você enxerga um(a) empreendedor(a)?

Se você disse “SIM”, parabéns! Caso contrário, pare e reflita, pois se você não se considera um empreendedor, se você se olha no espelho e vê apenas um profissional Coach, talvez seu negócio de Coaching comece a fracassar antes mesmo de começar.

Tenho quase certeza que você já ouviu a frase “Ele(a) tem atitude!” para se referir a uma pessoa que tem iniciativa, é proativa e faz tudo o que é preciso para conquistar seus objetivos. É disso que estou falando aqui quando menciono a atitude empreendedora.

Atualmente, todo Coach deve ter em mente que é também um empreendedor.

Passo 2 – Descubra seu Nicho de Mercado

Imagine a seguinte situação: Um potencial cliente entra em seu site e encontra uma lista imensa de serviços: Coaching de Vida, Coaching de Emagrecimento, Coaching de Carreira, Coaching de Negócios, Coaching Executivo, Coaching de Liderança, Coaching de Vendas, enfim, você faz de tudo um pouco!

Se você acha isso uma vantagem, pense novamente…

Uma pessoa com um problema cardíaco vai procurar um clínico geral ou um cardiologista? Na maioria dos casos, um cardiologista, porque ele é o especialista.

E no caso do Coaching? Você acha que um potencial cliente em transição de carreira vai procurar um Coach “faz tudo” ou um Coach especializado em carreira? Com toda certeza um Coach especializado e é por isso que você deve escolher um nicho de atuação.

Passo 3 – Defina o Perfil do seu Cliente Ideal

Na sua formação em Coaching, talvez você tenha aprendido que o seu trabalho como Coach é ajudar seus clientes a atingir um objetivo ou ainda acompanha-lo na jornada entre os pontos A e B. Isso é verdade, mas essa não é a melhor maneira de divulgar e vender seu serviço de Coaching.

Em outras palavras, ninguém vai te procurar para saber o que é Coaching. As pessoas vão te procurar para resolver um problema que está tirando seu sono, consumindo sua saúde e atrapalhando seus relacionamentos.

Tendo isso em mente, eu pergunto: Se você não conhecer seus clientes e identificar suas necessidades, como poderá desenvolver um serviço para ajudá-los a resolver um problema e alcançar o estado desejado?

Neste momento você deve estar pensando como vai fazer isso, afinal não tem a menor ideia de onde essas pessoas estão. Calma, porque esse passo é mais simples do que você imagina. O que você fará agora é criar um personagem que representará todo esse grupo de pessoas que compõe seu nicho, ao qual daremos o nome de cliente ideal.

Passo 4 – Crie seu Método de Trabalho

Considerando que o Coaching é um processo com começo, meio e fim, criar um
método de trabalho é de extrema importância para que seu Coachee perceba que você segue um roteiro, uma espécie de passo a passo que vai conduzi-lo ao longo da jornada de mudança.
Além disso, ter uma estrutura de trabalho bem definida dará a autoconfiança e a segurança de que você precisa para iniciar sua carreira como Coach.
Para você entender melhor a importância do método, imagine que seu cliente ideal está em uma ilha sem recursos e com um grande problema para resolver. Isso causa medo, insegurança e baixa autoestima, eafeta sua saúde e seus relacionamentos.

No entanto, seu cliente sabe que existe um lugar melhor, uma ilha paradisíaca que oferece a solução para seus problemas e a oportunidade de uma vida plena. A questão é que ele não tem a menor ideia de como chegar lá.

Passo 5 – Construa Autoridade

Como já mencionei anteriormente, seus potenciais clientes vão buscar seus serviços de Coaching para resolver um problema e, como a maioria das pessoas, vão preferir o trabalho de um especialista. Acontece que, como Coach, você está em início de carreira e talvez ainda não seja exatamente um expert. Daí a importância de construir autoridade dentro do nicho de atuação escolhido e criar formas de ser conhecido pelo seu público.

Ao traçar sua estratégia para construir autoridade, tenha como objetivo principal
conquistar a atenção e o respeito das pessoas. Assim, elas vão parar para ouvir o que você tem a dizer e realmente percebê-lo como referência no assunto, facilitando o relacionamento e a comunicação. Ao fazer isso, o crescimento do número de clientes e o salto financeiro serão consequência desse trabalho inicial.

Uma excelente forma de criar vínculo com seus potenciais clientes é contando sua história pessoal, em especial aquela parte que se conecta com a história de vida do seu cliente ideal.

Passo 6 – Elabore seu Modelo de Negócios

Segundo Osterwalder & Pigneur (2011: 14), “um modelo de negócios descreve a
lógica de criação, entrega e captura de valor por parte de uma organização”. Com base nesta premissa, os autores criaram uma ferramenta que permite desenvolver modelos de negócios chamada Business Model Canvas.
Assim, construir um negócio saudável e mantê-lo em constante crescimento depende do equilíbrio entre esses nove componentes e recomendo que você analise cada um com muita atenção.

Autora: Andréia Roma

Parceria: Editora Leader: www.editoraleader.com.br

2018-06-01T21:19:44+00:00