Para mim, que trabalho com Mentoring e Coaching continua sendo difícil acreditar que a maioria das pessoas passa pela Vida num sonambulismo profundo, ou na espera de uma promessa a ser cumprida – como se o mundo lhe devesse algo! Ou batendo em portas que não são suas – na esperança que elas se abram –  sem se dar conta de que, se despertos estivessem, perceberiam que suas portas já estão abertas.

Mas afinal, como seria a vida que te faz sentir vivo e feliz?

As duas respostas mais recorrentes para a pergunta que ouço durante os processos de  Mentoring e Coaching são: “não sei , mas já sei o que não quero… e também sei que viver do jeito que está, não é para mim”; ou então começam a contar uma linda história muito bem fundamentada mental, lógica e racionalmente.

E pasme…. muitos clientes de Mentoring e Coaching que me dizem isto, não estão “mal” na vida. Tem uma carreira estável, uma família bem resolvida, uma casa boa, saúde perfeita  ou seja, todos os elementos que podemos  denominar como sendo  “confortável”.

E o que elas tem comum?

Que a vida “confortável” não lhes atende mais. E vem buscar através do Mentoring e Coaching o alivio para o desconforto que sentem justamente por estarem sendo desafiadas a dar um salto para algo verdadeiramente seu e maior. Mesmo sentindo que há “algo” a mais, não sabem o que é esse “algo” e enquanto não sabem o que é, tendem a encher o vazio  com mais vazios.

Mas sempre me pergunto enquanto Mentora e Coach qual  seria o principal bloqueador que as impede de viver a vida que sonham? Aquele que ninguém imagina, aquele que será o principal responsável por sair (e também permanecer) no labirinto que estão? Aquele que nunca revelam que vieram resolver?

Entendo que a maior parte  ainda não está disposta  ou não percebe que pode desconstruir crenças, as verdades que os trouxeram até aqui, os modos de vida (lifestyle), modos de liderar, …. e enquanto não  conseguirem primeiro se esvaziar – tal como o expirar, para  então se conectar, inspirar e começar a desenhar o renovado a partir do que é ( seja como  líder, seja como empreendedor, seja com o dinheiro, com o corpo, nos relacionamentos,…..), nada vai acontecer.

Mentoring e Coaching

Enquanto isso não estiver claro, em segundos, minutos, dias, ou semanas, o dia a dia nos engole e estaremos presos no labirinto na zona do “confortável” de novo. E assim vão  buscar  um outro programa, uma outra imersão, um outro curso , mais alguns livros e outros recursos. Claro que isso funciona, mas só para recuperar as energias, mas não para atender a vida que clama dentro do peito para ser vivida.  E a maior frustração é a de não dar vida á algo!

No Mentoring e Coaching é importante levar o cliente a entender  que precisamos responder a um conjunto chave de perguntas senão voltaremos a estar confusos e continuaremos à procura das pequenas camadas, achando que encontraremos o sentido a vida, mas lamento informar…..não encontraremos!

Mesmo assim devemos continuar caminhando – cada um traz consigo o dom de desenhar e redesenhar a  vida. Nossa essência é de sempre  nos renovarmos, buscarmos a superação,mesmo que caiamos,mesmo se errarmos (várias e várias vezes), permitamos o perdão, permitamos sair da zona de conforto e  encontrar formas de refazer,de reaprender,de renovar,de reconstruir e de se reinventar. A renovação é a lei da vida.

Tudo são presentes que nos são dados para nos conhecermos melhor, nos dimensionarmos ( nos situar e vermos o nosso real tamanho), nos regularmos ,acharmos a sintonia certa, escolhermos  o caminho, realizar  (pois a frustração ocorre quando não damos vida à algo), incorporar os aprendizados (e também descartar outros) que nos levarão à transformação, ao brilho, à alegria e à felicidade .E, se despertos estivermos, nos será dada nova lição, que faremos  reconhecendo os aprendizados com as experiências passadas, sem se afundar em decepções antigas ou fantasias dos “dias de glória” e sucessos de outrora.

Somente investindo no nosso crescimento, com Mentoring e Coaching ou outras metodologias é que experimentamos novas sensações e percepções. E, ao nos transformarmos e transferirmos  o que incorporamos para o mundo, todos crescerão.

Pois sempre existirão partes no nosso projeto que nos faltam. Estas precisam ser buscadas, trabalhadas e  os nossos potenciais  precisarão  ser ativados e reavivados, se não o fizermos, vamos perdendo o “sal da terra” e a vida começa a ser “mais ou menos”. Escolher sermos nós mesmos (seja como profissionais  e pessoas que somos) é talvez o desafio mais precioso da vida .

E o grande segredo é ver que o todo está fragmentado. Em você existem fragmentos meus e em mim existem fragmentos seus e, entre todos os fragmentos existe o espaço do crescimento coletivo – onde um não precisa diminuir o outro para crescer. Basta dar ao outro  o que já foi assimilado com desapego total – e estranhamente, quanto mais damos, mais recebemos. Esta é a principal prova de que o mundo está em expansão deste a sua formação e nele tem mais espaços vazios que sequer imaginamos para evoluirmos, crescermos e contribuirmos.

A que você está sendo desafiado neste momento?

Autora: Beatríz Guenther – Mentora & Coach de Liderança e AutoliderançaPós graduada em Finanças pela FGV,  Graduada em Administração pela UFSC e Master em Mentoring e Coaching Humanizado ISOR pelo Instituto Holos. Com  20 anos de experiência corporativa em empresas de diferentes segmentos de mercado, liderando equipes de alta performance e comprometidas com os resultados propostos. Desde 2011, transformo vidas através do Mentoring e do Coaching. Ajudando  pessoas e organizações a progredirem, conquistarem seus propósitos, elevarem sua existência e se desafiando a construir sua melhor versão.Sou buscadora de carteirinha, para me inspirar, leio todos dias. Sou coautora do livro “O Poder do Mentoring & Coaching”. Ed. Leader, 2016 e tenho como hobby a Numerologia Empresarial e Pessoal.