Resiliência para a física é a capacidade que alguns corpos apresentam de retornar à forma original após terem sido submetidos a uma deformação; no aspecto psicológico, trata-se da capacidade de se recobrar facilmente ou se adaptar, lidar, superar obstáculos ou resistir à pressão de situações adversas – choque, estresse, mudanças, etc., sem entrar num surto psicológico.

Costumo dizer que fica mais fácil compreender à resiliência, comparando-a a um elástico: não dá para esticá-lo muito porque senão arrebenta. É importante ressaltar que a resiliência pode se apresentar ou não em vários setores da nossa vida (trabalho, saúde, relacionamentos, etc.), e também pode variar ao longo do tempo.

sonhar-com-elastico

Eu infelizmente tive a experiência de arrebentar alguns elásticos, porém agora trato apenas de um – trabalho. No mundo corporativo não é novidade que a maioria dos setores, a pressão seja predominante. Assim, um conjunto de fatores como o contexto do ambiente (Área Comercial) e a vontade de vencer (Metas & Objetivos), propiciam ao ser humano, condições de lidar com certas adversidades.

No meu caso, foram muitas mudanças físicas – cidades e estados – que acredito que me coloquei numa situação de risco, sem avaliar condições do ambiente, sem administração das emoções, o que já envolvia a família também, controle dos impulsos, até mesmo alcance de pessoas, não tinha raízes, não criava vínculos, pois a qualquer momento estaria em outro local.

Não me arrependo de nada, acredito que nada é por acaso, e mesmo arrebentando o meu elástico, vejo que aprendi muita coisa como: hoje percebo que tenho mais controle interno, otimismo, confiança, perseverança, flexibilidade, dentre outros.  A pressão foi tanta que o elástico arrebentou na minha saúde. Hoje entendo que os obstáculos existem para saber ate aonde vai a nossa fé. Veja o seu limite. Analise bem as possibilidades, quanto mais equilíbrio, mas forte se tornará para as mudanças sem se deformar.

Autora: Aline Cardoso da Silva – Mentora e Coach ISOR®