Resiliência e Equilíbrio Emocional, como conquistar.

As pessoas de uma maneira geral estão precisando adquirir um pouco mais de Resiliência e Equilíbrio Emocional.  O ser humano está muito tenso, muito nervoso e correndo o tempo inteiro, muitas vezes sem rumo claro.

A ideia deste post é trazer em alguns aspectos bem importantes e interessantes a fim de ajudar as pessoas a refletirem sobre essa questão e poderem também fazer algumas mudanças na vida. Afinal, grandes mudanças costumam ocorrer quando somos submetidos a uma informação. Ou seja, quando somos levados a uma nova informação aquele quadro que estamos visualizando reverbera e pode levar a uma mudança profunda. Assim, tendo mais Resiliência e Equilíbrio Emocional.

 

Quero deixar claro que o meu conceito de Resiliência, significa uma busca por uma Vida Melhor. Ela é uma das chaves para que possamos levar as pessoas a uma melhor condução.

 

Resiliência e Equilíbrio Emocional – O universo em frequências

 

O universo é ondulatório, ou seja, tudo no universo em que vivemos é em forma de  frequências energéticas.

Veja a imagem abaixo para entender um pouco mais de como funcionam as ondas e frequências no nosso universo.

 

 

Nós, seres humanos estamos ligados e percebemos as frequências que estão dentro do espectro da luz solar. Nós emitimos e também recebemos frequências vibracionais permanentemente

Nossas vibrações tem  diferentes frequências, conforme nossos pensamentos e entendimentos, nosso fluxo interno de energia, nossas respostas aos estímulos externos, ou até mesmo conforme as condições meteorológicas de cada dia. 

É natural portanto que em um mesmo dia, nós tenhamos diferentes frequências, ou seja, diferentes estados.

Resiliência e Equilíbrio Emocional e Frequências Vibracionais

 

Pelo fato de recebermos e emitirmos diferentes frequências de onda, é muito importante entender que em alguns momentos vamos viver situações que nos trazem felicidade, alto astral, porém haverá dias em que teremos problemas e enfrentaremos dificuldades.

Portanto, você vai viver muitos ciclos e vai vibrar diferentes frequências no meio de tudo isso. Entre altos e baixos você vai querer se agarrar nos momentos bons e felizes, afinal, nenhum de nós quer problemas e momentos de tristeza na vida. O que leva muitos de nós a rejeitar os momentos ruins.

Mas eles existem.

É aí que entra a Resiliência que por costume é colocada como a arte de saber lidar com os problemas e dificuldades, como um “saber dar a volta por cima”. 

Esse conceito é bastante difundido, mas eu preciso te dar a visão mais ampla disso tudo e vou dividir em dois aspectos.

  • Agir com resiliência e/ou assertividade é um poder interno de equilíbrio e postura condutora que pode ser ativado através de estudos, atitudes e experiências e depois mantido permanentemente.
  • Pessoas podem ativar vários graus de Resiliência  – alta, média ou baixa.

Eu comparo a Resiliência a uma assertividade e isso é um poder interno. Todos nós temos o poder interno de ativar a Resiliência a qualquer momento de nossas vidas. Esse poder interno é um poder de equilíbrio que podemos ativar para ter uma postura condutora em qualquer situação. Tanto na alta frequências, quanto na baixa frequência.

Ou seja é quando você tem uma postura de equilíbrio onde nem se apega ao que é considerado bom e nem rejeita o que é considerado ruim.

E para deixar claro: toda essa capacidade condutora e essa assertividade é algo que pode ser ativado.

Como ativar a Resiliência e o Equilíbrio Emocional

 

É possível ativar a Resiliência e o Equilíbrio Emocional com a tomada de consciência e novos estudos, com o cultivo de novas atitudes perante as situações. E é possível ter conscientemente novas atitudes. Também podemos ativar a Resiliência com novas experiências. 

Quando eu tenho um estudo, uma nova atitude e uma experiência isso pode gerar a capacidade de assertividade. Que é a capacidade de condução em todas as situações. Estando você pressionado por alguma questão ou não.

A gente tem pressão o dia todo, todos os dias. Sempre tem alguma coisa acontecendo, sempre teremos uma dificuldade. Porém a Resiliência precisa estar presente o dia todo e não só no período de maiores dificuldades. 

Quando a Resiliência é mais baixa?

A pessoa que tem baixa Resiliência é alguém que não tem ação. Ela é governada pelo medo e pelos obstáculos, ou seja, ela é alguém que não consegue superar os obstáculos.

E um dos grandes dificultadores para essa falta de Resiliência é a inação, ou: a incapacidade da pessoa de tomar uma ação, geralmente quando o medo começa a dominar uma pessoa. 

O medo é algo extremamente limitador e é muito comum nas pessoas. Quanto maior os medos, mais baixa a capacidade de condução e consequentemente de Resiliência. 

O medo em primeiro lugar é criado pela sua própria mente. Com isso o que você precisa fazer primeiro é entender de onde vem o medo. 

O que é a Resiliência, afinal?

 

Ela é a assertividade em todos os momentos. É um poder que gera a capacidade de equilíbrio e de uma postura condutora. 

Pessoas Resilientes não se entregam, são pessoas que conseguem caminhar no meio do caos e no meio do “rolo”. Isso é Resiliência. 

Uma pessoa Resiliente sofre e tem dificuldades também, mas na medida que ela aumenta a Resiliência ela acaba se tornando mais  dócil, serena e com maior capacidade de amar, independentemente de qualquer situação. 

Resiliência é algo que permite que a pessoa viva mais com o coração, mantendo sempre uma postura de condução da própria vida. 

 

Conclusão

O poder da Resiliência tem Sabedoria, Lucidez, Alegria, Serenidade e Triunfo. Ser Resiliente e ter maior Equilíbrio Emocional, e isto se transforma em maior  liberdade interior. Liberdade de saber que podemos enfrentar situações difíceis sem temos e que sempre sairemos fortalecidos.

Busque sempre autoconhecimento, estude sobre si, evolua a sua mente. Escolha tomar atitudes conscientes, evite a impulsividade e transforme suas atitudes em atitudes virtuosas, mas não esqueça de viver as experiências, aprenda todos os dias com as novas experiências que a vida apresentar no seu caminho.

Ter Resiliência e Equilíbrio Emocional é não se apegar a tudo que é prazeroso, assim como não rejeitar ou fugir  renegar daquilo que consideramos difícil.