Muitas pessoas já sabem que o Coaching é um processo de aprendizagem sobre si mesmo e para o desenvolvimento de competências. O que muitas pessoas ainda perguntam é: será que eu preciso de Coaching? Por que me submeterei ao processo? Outros dizem que Coaching está na moda, tanto fazer o processo quanto ser um Coach. Muitos profissionais estão indo ao mercado em busca de enriquecer através desta profissão e apresentam apenas “receitas de bolo”, fórmulas prontas que enfiam “goela abaixo” dos clientes, com as promessas de mudanças radicais e rápidas.

Entretanto, o Coaching é um processo de autodescoberta e superação de limites para alcance de objetivos. Sendo assim, como aceitar um modelo pronto? Afinal, modelos prontos não podem ser eficazes quando cada ser humano é único. A ideia do Coaching é que o Coachee esteja sempre a um passo a frente dos demais, do seu grupo de comparação, principalmente profissional.

O Coaching como processo de transformação

É comum que as pessoas que passam pelo processo Coaching decidam buscar uma promoção, mudar de emprego ou de carreira. Isso acontece depois que passam por um processo de avaliação negativa ou iniciam um novo projeto e se beneficiam do Coaching. O processo orientado por um profissional sério, certamente levará o Coachee a superar seus limites. A principal diferença entre Coaching e a psicoterapia é que o Coaching não trata dos traumas e problemas passados.

O Coaching trabalha soluções, transformações e realizações sob um novo prisma. O que realmente importa no processo são as lições aprendidas e como aplicar no futuro para alcançar os objetivos de vida. É preciso avaliar o meio em que a pessoa está inserida para conseguir tomar as melhores decisões. Engana-se quem pensa no processo como algo elaborado para altos níveis corporativos ou empreendedores.

Inclusive, o Coaching pode e deve ser aplicado em jovens que estão em processo de formação e aspirantes a líderes em empresas, além de todos que desejam ser líderes de sua própria vida. Afinal, além de plano de carreira o processo também inclui plano de vida, relacionamentos e espiritualidade. O Coaching Holístico visa o reencontro do “eu” interior com o equilíbrio entre todas as vertentes da vida, para que o sucesso pleno e genuíno seja alcançado.

Por Viviane Peba Lopes | vivianepeba@oi.com.br
Professional Coach e Mentoring Holomentoring® ISOR® pelo Instituto Holos
Atua como psicoterapeuta Infantil, de Adolescentes e Adultos e como Consultora Organizacional e de Desenvolvimento de Pessoas.