Meditação do Espaço

A Meditação do Espaço é uma forma diferenciada de cultivo pessoal e de superação de dificuldades com base na milenar sabedoria ancestral.

Meditação do Espaço pretende mostrar uma forma diferenciada de cultivo pessoal e de superação de dificuldades com base na milenar sabedoria ancestral. É um texto para leitura, estudo ou contemplação meditativa. Que muitas pessoas possam ser beneficiadas.

Iniciando a Meditação do Espaço

Inicialmente, perceba que onde você está neste momento, seja onde for, coexistem duas realidades de forma simultânea: o Espaço aberto onde nada há, e os aspectos fenomênicos de pessoas, animais, objetos, sons, cores, sensações, odores, percepções ou pensamentos nas suas mais diferentes formas de manifestação. De um lado portanto os objetos e acontecimentos visíveis e perceptíveis, e de outro o Espaço livre onde nada acontece. 

Imagine agora que o elemento AR é retirado deste Espaço, restando apenas o Espaço totalmente Vazio, um vácuo sem nenhuma manifestação. 

Coloque e mantenha agora a sua atenção para este Espaço à sua volta, deixando com que os fenômenos como objetos, ar, sons, temperatura, umidade do ar, movimentos de qualquer natureza, sensações e emoções surjam e se manifestem naturalmente, enquanto a sua atenção permanece ligada ou focada ao Espaço ao seu redor.

Mantenha-se, através da imaginação, ligado, conectado ou focado neste Espaço Vazio. Esta conexão é sempre mental, basta apenas imaginar o Espaço Vazio.

Observe atentamente, até perceber que este Espaço Vazio não pode ser tocado, armazenado, cortado, explodido, ocultado, roubado ou movimentado. Não é possível de nenhuma maneira que seja afetado por sons, calor, frio, fogo, ar, vento, trovões, raios, objetos, movimentos… Nada, absolutamente nada, toca, afeta ou interfere neste Espaço.

Perceba que seu próprio corpo está neste Espaço e que este permeia todo seu corpo… O seu corpo não ocupa e nem desloca este Espaço Vazio.

Este Espaço Vazio é sempre o mesmo, não se movimenta. É eterno, sem começo e

sem fim. É sempre o mesmo e imutável Vazio, e nele não há tempo, nem passado e nem futuro,  nenhuma característica ou processamento.

A Realidade Absoluta do Espaço

Procure agora expandir este Espaço ao seu redor, cada vez mais, até perceber que este mesmo Espaço se estende por todo infinito universo. Tudo o que há no universo ou mesmo nos múltiplos universos, todas as galáxias e aglomerados de galáxias estão dentro deste Espaço. E em nenhum momento as galáxias, sistema solar, planetas, pessoas, atividades podem tocar ou interferir neste Vazio. 

É imutável, aberto, infinito, sem características e ele tudo contém. Todos os fenômenos que possam surgir, visíveis ou invisíveis, surgirão dentro do grande útero do Espaço Vazio, contudo, sem afetá-lo.

O Espaço Vazio continuará sempre Vazio e nem mesmo os fenômenos de luz, radiações, calor, frio, ar, água, matéria, imagens, ações  podem tocá-lo ou afetá-lo. Vamos chamar este Espaço Vazio de Realidade Absoluta. É apenas para dar um nome, a Realidade Absoluta não tem uma existência concreta ou sólida.

Na Realidade Absoluta não há aproximação ou afastamento, nascimento ou morte, chegada ou partida, casamento ou divórcio, apegos ou aversões, frio ou calor, desejos, medos, atingimentos, metas, planos, bens, nem mesmo crenças, religiões, seitas ou templos. Não tem sons, nem palavras, conceitos ou entendimentos.

Procure permanecer, sem esforço e da melhor maneira possível na sua imaginação, em contato com esta Realidade Absoluto. Perceba que tudo o que vivemos, sentimos, fazemos, todas as atividades humanas estão dentro do Espaço, sem afetá-lo ou movê-lo. Também nunca poderemos nos afastar ou sair do Espaço.

Este Espaço é o único refúgio perfeito, uma espécie de lar, onde você encontra a perfeita paz. Sem passado ou futuro, o Espaço Vazio é o eterno e sempre o mesmo Agora. Estamos sempre eternamente dentro dele.

Imutável, sempre o mesmo. Não importa quando, se em 3500 AC., 1250, 1630 ou 2020… Seja em 6789 ou bilhões de eras passados ou futuras. Procure agora perceber ainda mais clara e profundamente esta conexão com o Espaço. É como repousar, levitar ou se fundir com o Vazio.

Assim, mantendo a mente vívida e lúcida, perceba o Vazio como sendo o eterno  AGORA. O AGORA é imutável, sempre o mesmo, sempre igual, sem passado e sem futuro.

O Mundo através do Espaço

Continue se imaginando no Vazio, e procure também perceber a partir do Espaço Vazio o mundo comum das atividades e objetos funcionando e se processando incessantemente. 

Observe que a qualquer momento podemos observar o mundo a partir do Espaço Vazio. Tudo continua acontecendo normalmente, mas nada nos perturba, nada nos afeta. Percebemos que estamos no Espaço, não há como sair dele. Tudo o que existe está no infinito Espaço.

Quando percebemos isto, ou realizamos isto, neste momento o mundo processual comum das atividades não terá nenhuma influência sobre nós, não nos misturamos ou nos confundimos com ele, apesar de o vermos e nos processarmos junto. Há uma leveza, e uma profunda paz interna. Nada nos incomoda realmente. Qualquer som, alto ou baixo, harmônico ou não, será apenas um som que passa, sem nenhuma reação de nossa parte.

Surge a alegria interior, a genuína alegria de viver, inerente à nós o tempo todo. Podemos perder a conexão com o Espaço Vazio, aí entramos no mundo do sofrimento e labuta diária. Por horas, dias, meses, anos ou mesmo durante a vida inteira. O quanto mais mantivermos a conexão com o Vazio, seu mundo processual será tranquilo, mesmo nas mais difíceis situações como acidentes, brigas ou dores , doenças, morte ou epidemias.

Portanto, se conecte nesta paz e a essa felicidade, e leve-a para seu dia a dia processual. Em todos os acontecimentos você estará conectado no Espaço e na tua paz original, você é elo de encontro da Realidade Absoluta e com a Realidade Relativa – dos processos e fenômenos. A perfeita comunhão se dá no exato ponto de conexão entre a Realidade Absoluta  e a Realidade Relativa, ambas se fundem, são uma só e sempre foram uma só.

Assim, tudo o que você faz tem alegria, paz e clareza de intenção. Em momentos de adversidade, seja o que for, conecte com o Espaço e apenas perceba o mundo se movimentando e acontecendo de seu próprio modo, sem analisar ou julgar. Tudo o que acontece, é leve e maravilhoso como pequenas penas flutuando no ar. Pratique, pratique, pratique!

Instruções importantes

Leia algumas vezes este texto buscando entender seu sentido, e depois o pratique sem ler, adaptando esta prática na tua vida diária.  Pode também ler um trecho, contemplar de olhos abertos ou fechados, depois ler o trecho seguinte e novamente contemplar ou realizar. Faça onde você está, a qualquer hora e condição a sua volta. Pode também recolher-se a um lugar mais silencioso e sem interferências externas. 

Marcos Wunderlich

Este texto foi composto com base em ensinamentos de mestres espirituais e a partir de insights e experiências pessoais em momentos de adversidade.