Como o Flow pode ajudar no Coaching e Mentoring?

Ao iniciar o processo de Coaching, Mentoring ou Advice do Sistema ISOR® , tanto o profissional como cliente podem fazer um exercício percepcional de Centramento   com base nas artes marciais.  O Centramento   tem ligação direta  com os estudos e práticas de Flow proposta pelo psicólogo americano Mihaly Csikszentmihalyi, que ajudam o indivíduo a recuperar a percepção do momento presente e obter foco e concentração na sua atividade.

O estresse, a depressão, excesso de medos, travas emocionais, crenças limitantes ou a ansiedade impedem o indivíduo de estar centrado no agora vivenciando a dimensão cognitiva, energética e emocional adequada.

O Flow, que é a capacidade de percepção do fluxo de energia que percorre o indivíduo na extensão de seu corpo físico e mental, ajuda o indivíduo a direcionar suas emoções sem oprimi-las por culpa, medo ou vergonha. Tudo se torna fácil fluido e natural, e um estado de atenção plena surge em sua mente.

O que acontece no Flow?

O Flow também se assemelha ao estado de meditação profunda em que o foco está em sincronia com emoções, sentimentos e propósito do indivíduo, tudo flui, ele experimenta um estado de realização plena.

O Flow é citado como uma técnica capaz de conduzir profissionais a alta performance pelo seu poder realizador. É comum que o indivíduo que se sente frustrado porque não consegue realizar pequenas metas esteja interrompendo de alguma forma seu fluxo energético e emocional.

Para destravar a pessoa desta posição de inação, o Mentor propõe alguns exercícios mentais que o conduz novamente ao tempo presente, não ao que ficou lá atrás em uma memória da infância, por exemplo, nem nos dramas e medos que estão por vir.

Com a percepção novamente livre de bloqueios mentais, assim como a água do rio que encontra novamente seu trajeto para continuar, o indivíduo experimenta a fluidez de gestos que o colocam na direção de seu propósito de Vida.

O Flow e a alta performance no Coaching e Mentoring

Pessoas cujo propósito de Vida esteja ligado a realizações complexas necessitam aprender ainda mais cedo a como manejar suas emoções para se manterem focadas e não deixar que armadilhas emocionais sabotem seus planos.

Profissões que exijam intenso relacionamento interpessoal, liderança, gestão, criatividade, comunicação, originalidade são as que mais demandam alta performance. Profissionais que aprenderam técnicas como Flow em sua experiência com o Coaching e com o Mentoring estão mais preparados para reconhecer a curva de suas emoções, os gatilhos mentais que provocam a raiva, o medo, por exemplo, e sabem o que fazer para canalizar toda essa energia. A raiva não necessita ser bloqueada, ela pode ser direcionada para experiências que necessitem de vigor físico, atenção, superação de desafios, força, dessa forma o corpo consegue externalizar o que sente e a mente não se abala remoendo pensamentos ou crenças que não cabem dentro do propósito de Vida da pessoa.

Alta performance também significa autoconhecimento profundo e técnicas como o Flow e o Centramento   servem para manter o indivíduo focado nesta direção. O Flow também conhecido como uma das técnicas que desenvolvem a atenção plena ajuda a organizar os esquemas mentais eliminando do quadro de atenção tudo aquilo que vai distrair o indivíduo do seu projeto de realização.

O papel de liderança está sempre em destaque, o líder é constantemente tido como exemplo para os demais membros da equipe, suas reações diante de conflitos e desafios também ensinam os outros a como reagir dentro daquela cultura organizacional. Por isso, o Flow ajuda o líder que tem conhecimento de Coaching e Mentoring a passar a mensagem correta através de sua atitude. Saber lidar com suas emoções é o começo do desenvolvimento de uma postura condutora. A postura condutora aliada a outras técnicas coloca o indivíduo no patamar da alta performance.

O Flow na comunicação intrapessoal

Outro aspecto importante do Flow é o de facilitar a comunicação intrapessoal. O gradiente das emoções humanas evoluiu conosco, uma emoção pode ser sentida em conjunto com outra emoção, reconhecer que é possível sentir certas emoções em alguns contextos sem se sentir culpado ou envergonhado por isso libera o canal de comunicação interna.

A comunicação interna promove o desenvolvimento da autonomia. O indivíduo aprende a se escutar, a entender como reagem suas emoções e seu organismo como um Todo diante das diversas situações da Vida. A aceitação ajuda a pessoa a se responsabilizar pelo autoacolhimento, ela mesma vai buscar atender suas necessidades sem que haja um rompimento com sua Visão de Mundo ou com a visão que tem de si mesma. Esta habilidade pode ser desenvolvida em encontros de Mentoring e Coaching, o Flow contribui eliminando os entraves da comunicação.

Se você gostaria de entender melhor como lidar com suas emoções, melhorar a comunicação intrapessoal, se preparar para iniciar carreiras de liderança e alta performance ou compreender a realização plena e como ter uma vida mais cheia de Felicidade, conheça nossos cursos a distância. Técnicas como Flow, Centramento, e muitas outras, fazem parte do nosso programa que traz uma metodologia própria e inovadora o Sistema ISOR®.